歌詞

錯誤回報

Foi num quatro de abril
Três dias depois da mentira
Que o poeta descobriu
Seu amor e sua lira
Com alguém se reuniu
Com ação de quem conspira
Mas fundou com devoção
A escola de samba da Vila
E as estrelas que dormiam lá no céu
Despertaram com a grandeza
E com a beleza de Vila Isabel
Quando então todo o universo
Cintilando em alto astral
Anunciava pro mundo
Que a Vila estaria em todo Carnaval

Essa é a história
Do samba nascido da paz e do amor
Conta, conta, contador
Conta, conta, contador
Conta, conta, contador
Conta, conta, contador
Desfilou pelos escravos
Que a princesa libertou
Conta, conta, contador
Conta, conta, contador
Conta, conta, contador
Conta, conta, contador
Se vestiu de azul e branco
E o samba renovou
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador

Foi num quatro de abril
Três dias depois da mentira
Que o poeta descobriu
Seu amor e sua lira
Com alguém se reuniu
Com ação de quem conspira
Mas fundou com devoção
A escola de samba da Vila
E as estrelas que dormiam lá no céu
Despertaram com a grandeza
E com a beleza de Vila Isabel
Quando então todo o universo
Cintilando em alto astral
Anunciava pro mundo
Que a Vila estaria em todo Carnaval

Esta é a história
Do samba nascido da paz e do amor
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador
Desfilou pelos escravos
Que a princesa libertou
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador
Se vestiu de azul e branco
E o samba renovou
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador
Canta, canta, cantador